Janie fica vermelha de vergonha.

- Alguns dos seus sonhos são ótimos.
- Ah, é?
Cabel inclina-se para frente e põe a mão no queixo dela. Pega-a de surpresa. Puxa-a em sua direção e passa a ponta do polegar na maçã do rosto dela. Então, encosta seus lábios nos dela.
Janie sucumbe ao beijo dele. Ela fecha os olhos e desliza a mão pelo ombro dele. Eles exploram o beijo por um tempinho, com doçura. Cabel enterra os dedos no cabelo dela e puxa-a mais para perto dele. Mais antes de ficar mais intenso, Janie afasta-se. Ela sente como se seus membros fossem feitos de borracha.
- Merda - ela reclama, nervosa - Você... você...
Ele sorri preguiçosamente, com os lábios ainda úmidos. - Sim?
- Você beija melhor do que eu imaginei. Mesmo no...
Ele pisca.
- Não! - diz ele. - Nem me fale que você esteve lá.
- Bem, talvez se você parasse de dormir na sala de estudos, eu não fizesse a mínima idéia.

Wake - Despertar. 85

Sentimentos

Amor, ódio, tristeza, alegria, paixão, carência, felicidade, desejo, rancor, mágoas, agonia, dor, inveja. São todos um conjunto de sentimentos que fazem parte do ser humano, querendo ou não.

vejo que isso não é possível acontecer. Eu sou eu e isso não pode mudar. Não dá pra mudar sua personalidade se isso não é você, não dá pra mudar seu jeito de pensar e de falar. Infelizmente! Mais vai chegando um tempo que se você ir mudando pouco-a-pouco, talvez vai chegar um momtento que você vai ser aquela pessoa que você queria ser, sem ao menos perceber isso.  

Harry Potter!

Sim, infelizmente passou rápido! Simplesmente crescemos com eles e eles cresceram com a gente. Vimos eles crescerem, de crianças para adolescentes e praticamente está chegando o fim. Falta pouco menos de 1 ano para essa magia acabar ou não, sabem porque? Harry Potter não vai acabar! Definitivamente não. Simplesmente será eterno, crescemos com eles e acho que isso não vai se apagar da nossa mente quando tivermos adultos, nossos filhos terão coisas que eles vão apreciar também  e claro que quando ele comentarem com a gente, Harry Potter nos virá a cabeça e você vai pensar que aquela magia ainda está viva dentro de você e que realmente valeu esperar anciosamente por cada filme da série. Harry Potter, eternamente!

- Dobby, aquele é o Chale das Conchas? - sussurrou, segurando as duas varinhas que trouxera da casa dos Malfoy, pronto para lutar, se fosse necessário. - Viemos para o lugar certo? Dobby?
Ele olhou para os lados. O pequeno elfo estava a alguns passos apenas.
- DOBBY!
O elfo oscilou levemente, as estrelas se refletiram em seus grandes olhos brilhantes. Juntos, ele e Harry olharam para o cabo de prata da faca espetada no peito arfante do elfo.
- Dobby... não... SOCORRO! - berrou Harry em direção ao chalé, às pessoas que se moviam lá. - SOCORRO!
Ele nem sabia nem se importava se eram bruxos ou trouxas, amigos ou inimigos; só se importava com a mancha escura que se espalhava pelo peito de Dobby, e que o elfo estendera os braços finos para Harry com um olhar súplice. Harry segurou-o e deixou-o de lado no capim fresco.
- Dobby, não, não morra, não morra... 
Os olhos do elfo encontraram os seus e seus lábios se mexeram em um esforço para formar palavras.
- Harry... Potter...
E, então, com um tremor, o elfo ficou muito quieto e seus olhos eram apenas grandes globos vítreos salpicados com a luz das estrelas que eles já não podiam ver.

Harry Potter e as Relíquias da Morte. 370


Eu sinto sua respiração enquanto ela dorme ao meu lado

Compartilhando travesseiros e pés gelados
Ela sente que meu coração adormeceu com as batidas
Embaixo de cobertores e lençóis quentes

Se ao menos eu pudesse estar naquela cama de novo
Se ao menos fosse eu ao invés dele

Ele assiste aos seus filmes favoritos?
Ele te abraça quando você chora?
Ele te deixa contar todas as suas partes favoritas
Mesmo você tendo as visto um milhão de vezes?
Ele canta junto com a sua música
Enquanto você dança ao som de "Purple Rain"?
Ele faz todas essas coisas, como eu costumava fazer?

Quatorze meses e sete dias atrás
Oh, eu sei que você sabe
Como nós nos sentimos naquela noite
Apenas a sua pele contra a janela
Oh, nós fomos devagar
E nós dois sabemos

Deveria ter sido eu dentro daquele carro
Deveria ter sido eu ao invés dele no escuro

Ele assiste aos seus filmes favoritos?
Ele te abraça quando você chora?
Ele te deixa contar todas as suas partes favoritas
Mesmo você tendo as visto um milhão de vezes?
Ele canta junto com a sua música
Enquanto você dança ao som de "Purple Rain"?
Ele faz todas essas coisas, como eu costumava fazer?

Eu sei, amor, eu sou um idiota por esse sentimento
Acontece o tempo todo, amor,
Eu sempre acabo me sentindo traído
Você está na minha cabeça, amor
Eu te disse que não estava quando na verdade eu precisava
Acontece todo o tempo, amor, é

Ele vai te amar como eu te amei?
Ele te dirá todo dia?
Ele fará você se sentir invencível 
A cada palavra que ele diz?
Você jura que foi certo:
Não jogar tudo fora?
Você pode fazer todas essas coisas?
Você fará todas essas coisas?
Como nós costumávamos fazer?
Oh, como nós costumávamos fazer...




Sim, ela é mais curta do que pensamos! Em pouco tempo éramos crianças com um sorriso no rosto, com a sua janelinha no dente, não sabendo o que o futuro nos reservava e hoje, hoje estamos aqui, o tempo passou rápido em questão de "segundos". Sim, realmente a vida é curta, por isso não a leve tão a sério, viva, apenas viva, que daqui a "um segundo" você vai ver que viver valeu a pena.

Blogger Template by Blogcrowds.